Feed on
Posts
Comments

Category Archive for 'Estruturantes'

Tradição é um palavra traiçoeira. “Tradição é a transmissão de práticas ou de valores espirituais de geração em geração”. O ser humano vive sobre os pêndulos dos princípios e da ética e dos prazeres mais imediatos. É o nosso eterno conflito. Disse aqui, que o pêndulo tende para lá e para cá, conforme a Conjuntura […]

Read Full Post »

Leis da Antropologia Cognitiva: (03/07/14)  Em ppt: Leis da antropologia cognitiva from Carlos Nepomuceno  

Read Full Post »

Quando temos uma Revolução Cognitiva temos um processo de declínio da Taxa de Ganância da sociedade, como tendência e o aumento da taxa de princípios, ver abaixo:   Por que isso acontece? – Aumento da taxa de diálogo entre as organizações-sociedade – que permite que a Taxa de Ganância seja mais controlada, fiscalizada e coibida, aumentando a […]

Read Full Post »

Quando temos uma Revolução Cognitiva temos um processo de declínio da Taxa de discussão sobre assuntos e aumentamos o enfoque em problemas:   Por que isso acontece? – Aumento da taxa de diálogo entre as organizações-sociedade – que permite que os sofrimentos esquecidos subam de prioridade, pedindo mais presteza das organizações; Aumento da taxa de inovação – […]

Read Full Post »

Quando temos uma Revolução Cognitiva temos um processo de declínio da Taxa de Sofrimento da sociedade, como tendência, ver abaixo:   Por que isso acontece? – Aumento da taxa de canalização da sociedade –  mais vozes; – Aumento da taxa de transparência da sociedade –  mais fiscalização; – Aumento da taxa de articulação da sociedade […]

Read Full Post »

Como vimos aqui, cada novo habitante no planeta traz mais diversidade para o mesmo. Mas nem sempre as condições existentes (culturais e tecnológicas) permitem que essa diversidade seja absorvida pela sociedade. E aí temos um fenômeno interessante, como vemos abaixo, que há um jogo de Diversidade e Homogenização para que haja um equilíbrio, como vemos […]

Read Full Post »

Estamos trabalhando com a base do Pentágono:   Quando estamos falando de Complexidade Demográfica estamos partindo do princípio de que quando uma pessoa vem ao mundo ela gera demandas a serem produzidas ao longo de toda a sua vida. Além disso, ela traz um aumento da Taxa de Diversidade a mais para o planeta, pois […]

Read Full Post »

Bom, agora que definimos os lados do Pentágono, podemos observar o que eles colaboram para o seu equilíbrio:   A saber: CD – Complexidade Demográfica – responsável pela demanda; P – Produção – responsável pela oferta; I – Inovação – responsável pelas mudanças; C – Comunicação – responsável pela circulação de ideias; G – Governança […]

Read Full Post »

Quando formos analisar a história, teremos que ter um conjunto de fatores para poder compreender vários movimentos de aumentos de taxa e redução no Polígono da Espécie Humana, pois estão relacionadas, a saber:   Os lados são influenciados pelo todo e pelas partes. Teremos mais ou menos alterações nas taxas de cada lado, conforme possamos […]

Read Full Post »

Para tender melhor o Polígono da Espécie Humana vamos precisar entender os movimentos internos de cada um dos seus lados para poder depois relacionar fatores entre eles. Aqui vamos ver como varia o Ecossistema de Governança, e os fatores que mais importam na sua regulação e relação com o Polígono.   O que é mais […]

Read Full Post »

Para tender melhor o Polígono da Espécie Humana vamos precisar entender os movimentos internos de cada um dos seus lados para poder depois relacionar fatores entre eles. Aqui vamos ver como varia o Ecossistema de Comunicação, e os fatores que mais importam na sua regulação e relação com o Polígono.   O que é mais […]

Read Full Post »

Como vimos aqui, as espécies animais estabelecem uma relação triangular entre: Complexidade Demográfica; Modelo de Comunicação; Modelo de Governança. Porém, o modelo precisa ser sofisticado para a espécie humana. Por quê? As outras espécies não conseguem reinventar por conta própria seu modelo de comunicação e governança. Eles estão embutidos em seu instinto e são, de […]

Read Full Post »

Cheguei aqui a um fundamento da Antropologia Cognitiva. Que já estava quicando na frente do gol, mas agora posso trabalhar de forma mais clara. As espécies animais, qualquer uma estabelece a seguinte relação, como vemos abaixo:   Há uma relação entre: A complexidade demográfica, o modelo de comunicação e de governança dos animais que formam […]

Read Full Post »

Vivemos uma cultura da participação? O século XXI será mais colaborativo? A partir das provocações de Denise Pires no Clube. Bom, vamos lá que é um boa pergunta. O século XXI traz um novo tecno-ambiente de troca humana. A Internet com colaboração de massa permite que se potencialize a cooperação entre as pessoas, pois há a […]

Read Full Post »

Quando temos depois de uma Revolução Cognitiva um novo Modelo Cognitivo há uma espécie nova, um outro modelo de Homo Sapiens 3.2 mais preparado para lidar com a complexidade. Ele não é melhor do que os outros, apenas é mais preparado para lidar com determinados problemas complexos que as outras espécie, em paralelo, não são. […]

Read Full Post »

Tenho desenvolvido aqui a ideia do que o ser humano agora já tem membros que pertencem a espécie Homo Sapiens 3.2. São aqueles que se utilizam fortemente das mídias sociais. Vimos que a Cultura é formada por:   Vimos que o Modelo Cognitivo é formado pela relação intensa entre a Plástica Cerebral e as Tecnologias Cognitivas. […]

Read Full Post »

A grande novidade da Cultura 3.2 é a possibilidade de podermos criar uma Comunicação Matemática. No Século XXI estamos juntando duas linguagens que sempre andaram meio separadas: – as palavras; – e os números. Note que toda a evolução da espécie em direção ao aumento demográfico foi no desenvolvimento de melhorias de filosofias, teorias, metodologias […]

Read Full Post »

Sempre quis saber de onde o McLuhan partiu e não achei. Ele não era um cara que deixava bibliografia no final dos livros, bem como o Lévy não deixa também. Agora cheguei no cara -> Ludwig Wittgenstein:   Ludwig Joseph Johann Wittgenstein (Viena, 26 de Abril de 1889 — Cambridge, 29 de Abril de 1951) foi […]

Read Full Post »

Podemos dizer que vivemos uma crise do atual Ambiente de Pensamento Analógico: Quando temos escassez de canais de informação, você tende a criar teorias mais consolidadas, pois há pouca capacidade de serem questionadas. Há uma baixa inovação do Ambiente de Pensamento da sociedade. Há uma baixa taxa de inovação, forte controle. O Ambiente de Pensamento […]

Read Full Post »

Vou avançando com o conceito, como vemos abaixo, que melhora a figura do outro post.   Note que eu coloco uma divisão no Modelo Mental, pois: Há algo que vem da Plástica Cerebral que é um input de dentro para fora. É o cérebro emitindo novos sinais. E há algo que vem da Cultura que […]

Read Full Post »

A Plástica Cerebral e sua relação com as Tecnologias Cognitivas estabelece um Modelo Mental Estruturante, que é o que tem mais peso para definição de uma pessoa. Os outros compõe junto com esta. Por que isso? A Tecnologia Cognitiva exerce forte influência no cérebro. Os outros Modelos Mentais Secundários são características que compõe a primeira. […]

Read Full Post »

Quando temos uma Revolução Cognitiva temos algo interessante na sociedade. O modelo abaixo aponta como é: E como passamos a estar:   Note que temos algo muito interessante, pois o Ambiente Cognitivo mais sofisticado não é o que está no Centro de Decisão. Ou seja, quem tem capacidade de pensar melhor e ferramentas para decidir […]

Read Full Post »

    Outro desenho que podemos fazer da sociedade é o que apresento abaixo:   Note que existe uma relação entre os Ambientes Cognitivos e o Centro de Decisão. Quanto mais primitivo é o Ambiente Cognitivo que a pessoa está inserido, mais afastado ele estará do Centro de Decisões. As decisões são feitas, através de […]

Read Full Post »

Uma sociedade funciona da seguinte maneira, conforme vemos na figura abaixo: Há um círculo de tomada de poder que decide e toma decisões; Um segundo anel, que vou chamar inicialmente de periferia “A”; E ou outro anel mais afastado de periferia “b”.  Ao final de uma Era Cognitiva, onde há forte concentração de ideias, temos […]

Read Full Post »

Desenvolvi aqui a hipótese que estamos migrando de um Modelo Mental Analógico para um Digital. E que este movimento passa por mudanças na plástica cerebral, a partir do uso intenso de novas Tecnologias Cognitivas. Este uso intenso faz com que o Pensador 3.0 passe a sentir e intuir coisas completamente diferentes dos seus antecessores e […]

Read Full Post »

Estamos recomeçando tudo de novo. Como assim? O Modelo Mental Analógico nos coloca com um sentimento e uma emoção específica e nos permite ver o mundo de uma determinada maneira, um ângulo. O Modelo Mental Digital nos colocará com um sentimento e uma emoção nova e nos permitirá ver o mundo de uma nova maneira determinada maneira, um novo […]

Read Full Post »

Abaixo vou tentar resumir as minhas conclusões dos estudos da Antropologia Cognitiva:   Note que o cérebro entra em contato com novas Tecnologias Cognitivas e altera a sua Plástica Cerebral e responde, através das Tecnologias Cognitivas, novas ou usadas. (O cérebro sempre usa Tecnologias Cognitivas para se expressar, pois ele não tem autonomia, não é […]

Read Full Post »

Podemos dizer que temos dois momentos na construção de um novo Modelos Mental, após a chegada de uma Revolução Cognitiva: – o intuitivo – muito ligado a emoções primitivas – há algo novo, “mas não sem bem o que é”; – o reflexivo – a tentativa de transformar essas sensações em pensamentos e isso é feito, no primeiro […]

Read Full Post »

Diante do ciclo, temos o seguinte movimento:   Vamos detalhar cada ponto: Vermelho – início da expansão, surgimento de Nova Tecnologia Cognitiva e início de mudanças na Plástica Cerebral; Curva ascendente – novo Modelo Mental em expansão, fase inovadora, com aumento demográfico, com um conjunto de pensadores/empreendedores apontando sugestões de mudanças na sociedade, com resistências; […]

Read Full Post »

Os aspectos de Contração e Expansão do Espiral Cognitivo e do movimento de mudanças de Modelo Mental, a meu ver são ajustes à força maior que é a demografia. A demografia é, a meu ver, o principal elemento de mudanças da espécie. Todas as referências para analisar fenômenos animais, o humano também é animal, começa […]

Read Full Post »

Veremos agora o Espiral Cognitivo no seu  aspecto de mudança de Modelo Mental:   Note, como vimos aqui, que há uma mudança de Contração e Expansão, mas ela não é a única, além dela surge um movimento de criação de um NOVO Modelo Mental, que é o ajuste pela ordem: – do cérebro que cria […]

Read Full Post »

Vamos apresentar uma proposta de como nossa espécie avança na história. Podemos chamar esse movimento de Contração/Expansão do Pêndulo.   Podemos dizer que de maneira geral temos momentos de expansão e contração cognitivas. Isso se dá em tribos ou civilizações isoladas, até antes das grandes navegações do século XVI. E depois com o processo de […]

Read Full Post »

Abaixo podemos ver como o Modelo Mental Escrito foi sendo construído, através da rejeição gradual dos pilares do Modelo Mental Oral, através dos filósofos que interferiram na Epistemologia de como vemos a verdade. Interessante que começa com Lutero, justamente questionando a Igreja por dentro, que era o epicentro do pensamento. Há: – uma descentralização dos […]

Read Full Post »

Veja as etapas fazendo, para facilitar a compreensão, uma comparação com a informática: A percepção mais importante para mim agora é comparar o Modelo Mental com o Sistema Operacional, pois começo a concluir que ele está preso a um determinado tipo de produção de “aplicativos”. Há um aprisionamento do pensamento, a partir de um dado […]

Read Full Post »

Comecei neste post, outra linha de abordagem sobre como podemos revisar como pensamos o ser humano e como produzimos cultura.  O que podemos começar a dizer que estamos tateando é que nossa espécie tem mudanças profundas e consistentes, mas que NEM TODAS ELAS  são provocadas por fatores culturais. Hoje, é comum dizer que a espécie […]

Read Full Post »

Toda o estrategista trabalha com uma fórmula de cálculo do futuro. O cálculo do futuro é um algoritmo, mais ou menos sofisticado, que: – analisa as forças; – estabelece relações entre elas; – pontua as principais (ou a principal) e as secundárias; – gradua os contextos; – e a relações entre forças e contexto. Algo […]

Read Full Post »

Estou atendendo um cliente na área privada para aprofundar o que seria a cultura digital. A grande mudança que temos para a área de negócios com a chegada das Mídias Participativas é a introdução de uma nova possibilidade de confiança nas trocas. Podemos até em falar na Confiança Digital. Podemos partir da seguinte premissa: – o […]

Read Full Post »

Note que o primeiro ato de uma ditadura é fechar os canais de circulação de ideias e impedir reunião de pessoas. Quando o poder precisa se fechar e centralizar, impede que as pessoas conversem. Há uma relação entre o adensamento versus o isolamento. Isso acontece em movimentos do Pêndulo Cognitivo. Quando temos um Ambiente Cognitivo […]

Read Full Post »

 A escola de Toronto é chave para entender a Internet. Nunca, na história dessa humanidade (rindo) um grupo de pesquisadores estudou as rupturas das mídias com tanta liberdade intelectual e criatividade. São meus ídolos e gurus, sugiro que os coloque também em lugar de destaque nos seus pensamentos, pois eles são fundamentais para projetar o […]

Read Full Post »

Nos canais Cognitivos Coletivos, temos o seguinte perfil:   O que define um canal é o propósito para que foi criado: Canal Cognitivo Coletivo de Ação – criado para produzir uma determinada ação, que visa a produção ou distribuição de um dado produto ou serviço. Canais de venda de comida japonesa no Facebook. (Quando só existe […]

Read Full Post »

Na Anatomia da Comunicação Digital temos, por fim, os canais cognitivos, que só aparecem nas Plataformas Colaborativas:   Temos dois tipos de Canais: Canais Cognitivos Individuais – nos quais apenas um usuário pode incluir e excluir conteúdo. EX: Canal individual do Youtube, Linha do tempo do Facebook, Canal individual do Twitter; Canais Cognitivos Coletivos – nos […]

Read Full Post »

Diante do que estamos vendo neste e-book, podemos aplicar o seguinte modelo à Comunicação Digital. Aqui temos o seguinte: – Os códigos digitais – definem de que tipo de plataforma estamos falando. Se há código digital é uma plataforma digital e vice-versa; – As Plataformas Digitais se dividem em três grupos: – As não colaborativas […]

Read Full Post »

Há uma relação da Comunicação Humana com a Governança e desta com a Demografia. O aumento demográfico força mudanças no Ambiente Cognitivo na sociedade e este, por sua vez, permite que se estabeleça um novo modelo de Governança. A saber:   Note que temos limites de Complexidade Demográfica x Ambiente Cognitivo x Governança. A regra […]

Read Full Post »

Vejamos a aplicação dos conceitos defendidos aqui na história: Note que por esta lógica temos algumas novidades. O Rádio e a Televisão não inauguram um código novo, mas RESGATAM a oralidade, fazendo uma espécie de Revival Oral, só que agora de forma RADICALMENTE vertical, o que explica o motivo da Ditadura Cognitiva do século passado. […]

Read Full Post »

Quando falamos em Governança da Espécie temos que entender que existem formas mais sofisticadas de tomada de decisão por mais gente. Que seria decisões de melhor qualidade em função do aumento de diversidade. Toda decisão tem um custo, pois implica em tempo e dinheiro para se ouvir mais gente. Hoje, a Governança Oral-Escrita Impressa -Eletrônica […]

Read Full Post »

Conversando com o Alexander Rodrigues, ele questionou o modelo das Eras Cognitivas estar colocado deitado e não em pé, como um Espiral. Ontem, em sala de aula o tema voltou, a partir de um questionamento de um aluno mais reticente às mudanças, que sempre dizia que “desse jeito vamos voltar para o mesmo”. E isso […]

Read Full Post »

Podemos dizer que a comunicação algorítmica colaborativa  é a grande novidade da chegada da Internet.  Note que: – comunicação sempre existiu na espécie humana; – os algoritmos começaram a ser usados com o computador; – a colaboração algorítmica involuntária começou a ser testada pelas empresas ao colher dados de ações dos usuários, tais como empresas de […]

Read Full Post »

Podemos dizer que a sociedade tem variações nas Taxas de Circulação Horizontal de Ideias. Antes da prensa, em 1450, a taxa era mais baixa que depois da prensa, pois houve uma redução de custos para que as ideias fossem reproduzidas, criando-se novos canais, que antes o Ambiente Cognitivo não oferecia. Antes da Internet, a taxa […]

Read Full Post »

Este seria o sonho de toda a Escola de Toronto e de McLuhan seu principal representante, que afirmou “O Meio é a massagem”, que acabou ficando “O Meio é a mensagem”. Ou seja, independente daquilo que você vê na televisão, ela está mudando a sua cabeça. E isso se daria também com todos os outros […]

Read Full Post »

Outro dia me chamaram para um encontro fora do Rio. E eu perguntei se iria dar palestra e me responderam: “Não, aqui não tem isso, é tudo em rede”. Criaram a ideia de que rede é um objetivo, um fim em si mesmo. Nada mais equivocado. Redes são ferramentas humanas que variam de modelos, conforme […]

Read Full Post »

Uma Revolução Cognitiva é marcada pela introdução de um novo Tecno-código que permite que a espécie seja mais flexível e potente, nos dando novas possibilidade de tomadas de decisão mais baratas, o que nos leva a um novo modelo de Governança da Espécie.  Revoluções Cognitivas são uma resposta coletiva para fazer frente aos desafios que aumentos […]

Read Full Post »

Podemos chamar de Ditadura Cognitiva um período na história em que há forte concentração de circulação de ideias em torno de poucas organizações. As Tecnologias Cognitivas, por suas características, favorecem a concentração. Ditaduras Cognitivas provocam a redução da Taxa de Diversidade da Espécie. O que significa: Redução da capacidade de crítica; De abstração; De argumentação; […]

Read Full Post »

O principal problema que tivemos até aqui é como escutar mais gente para decidir, de forma barata e ágil. Os gregos inventaram a praça, baseado no oral; Os iluministas inventaram o voto, baseado no escrito. Mas as consultas para tomada de decisão sempre foram custosas. O impedimento justificaram o fato de poucos decidirem por cada […]

Read Full Post »

Vivemos hoje uma Revolução Cognitiva diferente da:  Evolução Cognitiva Reintermediadora do Papel Impresso ou a; Evolução Cognitivo Intermediadora dos Meios de Comunicação de massa. Como distinguir? Uma Revolução cria um novo Tecno-código, que nos permite criar canais de Comunicação completamente novos e permitir uma mudança radical na Governança da Espécie; Uma Evolução atualiza um Tecno-código […]

Read Full Post »

Diferente do que achávamos, nossa maneira de pensar é condicionada pelos Ambientes Cognitivos, que quando mudam se tornam o marco zero para as mudanças da forma de pensamento da Espécie. Fiz abaixo um desenho de como o pensamento evolui no tempo, a partir de uma Revolução Cognitiva.  Veja o desenho, que vou detalhar abaixo:   […]

Read Full Post »

Toda vez que temos um cenário disruptivo na sociedade os primeiros pensadores apostam no conceito do pós. Na filosofia, vivemos na pós-modernidade. E na economia, na fase pós-industrial. O pós é uma forma de identificar algo novo, mas que não temos condições ainda de qualificá-lo. A qualificação de uma época precisa de uma teoria que […]

Read Full Post »

O ser humano é a única Tecno-Espécie do planeta, pois desenvolveu e está em constato processo de aperfeiçoamento de Tecno-códigos para exercer e aprimorar a sua Governança. Assim, todas as espécies vivas sociais criam um dado modelo de Governança: como tomam decisões para sobreviver e reproduzir. As únicas que não têm uma Governança Coletiva, mas […]

Read Full Post »

A base que define a Governança da Espécie são os Tecno-códigos de Troca, Aprendizado, Relacionamento, Produção de Ideias e Tomada de Decisões. Em alguns momentos da história, novas Tecnologias Cognitivas Radicais permitem que sofistiquemos estes códigos, o que nos permite decidir com mais gente, de forma mais barata e melhor. Essa é a base e a […]

Read Full Post »

A grande dificuldade de enxergar o que vem pela frente e como nos preparar melhor é de estabelecer determinadas relações de causa e efeito entre Ambiente Cognitivo e Governança da Espécie. Talvez a mais relevante é de que: – o Ambiente Cognitivo (de circulação de ideias) é regulado por Tecnologias Cognitivas; – que quando munda […]

Read Full Post »