Feed on
Posts
Comments

Category Archive for 'Economia 3.0 (antiga)'

Vejam alguns fichamentos com comentários: O pensamento da Hayek – Escola Austríaca from Carlos Nepomuceno Escola Austríaca – do ponto de vista de Martín Krause – vídeo na Internet from Carlos Nepomuceno Escola austríaca – fundamentos from Carlos Nepomuceno O caminho da servidao – Hayek (Frases retiradas do livro) from Carlos Nepomuceno

Read Full Post »

Vivemos um momento inédito em toda a América Latina. Faz tempo que não tínhamos, talvez nunca, um longo período de democracias e eleições em diversos países. O voto, em uma república com pouca desigualdade é completamente diferente em um que existe forte desigualdade, pois a maioria da população tem demandas urgentes que outra parte, mais […]

Read Full Post »

Existe algo completamente novo no cenário do século XXI, típico do novo Ambiente Cognitivo.   Há fenômenos como a Contração e Expansão Cognitivas que são recorrentes nas leis da Antropologia Cognitiva, Há características que são completamente novas, a partir do que possibilita a nova mídia. O novo modelo da Colaboração de Massa Digital, através do […]

Read Full Post »

A melhor crítica que li sobre a inviabilidade do sistema econômico plastificado x mercado foi de Ludwig von Mises. Ele argumenta que os preços precisam das redes de troca para se formar. O valor não é dado pelo custo de produção, mas pelo contexto das trocas. O mercado é melhor que o planejamento central, pois permite, […]

Read Full Post »

Essa é a pergunta que me faço há muitos anos. E a resposta não é simples. Para isso, temos que introduzir um conceito novo: a Governança da Espécie. Acima das organizações, da economia, da política, da sociedade, de tudo, está a relação do nosso cérebro com as tecnologias que o empoderam: as Tecnologias Cognitivas. Nosso cérebro, […]

Read Full Post »

Já disse aqui que o conceito capitalismo, a meu ver, é equivocado, mas uso para chamar a atenção, mas não como referência teórica. Em toda a sociedade humana teremos um sistema econômico, que cuidará do problema da subsistência da espécie. Não haverá espécie sem um sistema econômico e vice-versa. O erro principal cometido pelos críticos […]

Read Full Post »

O setor terciário é o de serviços. Temos a seguinte divisão: O Setor Terciário Cognitivo é aquele que oferece serviços ao cérebro. O não cognitivo abrange todos os outros. Ou seja, o Cognitivo é o que vende ideias. O que temos como característica deste setor? Note que no Setor Terciário tradicional temos: – o fornecedor […]

Read Full Post »

Valor é um substantivo relativo. Depende de um dado contexto, diferente de cachorro, que é sempre um cachorro independente do contexto. O valor é atribuído a alguém, a partir de algum critério dentro de um dado contexto. O que é valor para um pode não ser para o outro. Valor, assim, não pode ser visto […]

Read Full Post »

Começando estudo dos impactos da Revolução Cognitiva Digital nos diferentes setores da economia. Possível divisão em cada setor:   Fatores a serem analisados? SETOR PRIMÁRIO Dificuldade de extração/produção? Qual o volume justifica a extração/produção? Quem compra? Qual a complexidade da rede de distribuição? Quais as leis protetoras? Pode ser substituído no futuro por algo diferente? […]

Read Full Post »

Um sistema econômico nada mais é do que a criação de redes de oferta e demanda. Estas redes são estruturadas, a partir do Ambiente Cognitivo de plantão, que estabelece critérios de relações entre oferta e demanda. Peguemos um caso bem concreto da Indústria da Música, como detalhei aqui Não houve uma desintermediação, mas uma reintermediação […]

Read Full Post »

Se me perguntam qual é a grande mudança depois da Internet? O cliente/cidadão não é mais o mesmo. Estamos formando hoje o Cliente 3.0.   Assim, temos um novo tipo de cliente, como demonstro no gráfico abaixo:   Na verdade, as Organizações Analógicas estruturaram todo o seu modelo de Governança, incluindo os princípios praticados, baseado em […]

Read Full Post »

Não faz muito sentido falar em macro economia depois que começamos a pensar em termos de Eras Cognitivas, pois temos três instâncias diferentes que vão guiar os sistemas econômicos: A macroeconomia – que são as mudanças que teremos, a partir da chegada de novas Eras Cognitivas; A mesoeconomia – que seria o que chamamos hoje […]

Read Full Post »

O problema que temos no mercado de trocas é a sua tendência à concentração. Vejamos a figura abaixo para entendermos:   Existem três instâncias: Produção – de produtos e serviços; Canal de Ideias – que circula dentro de um ambiente cognitivo, que procura estabelecer um padrão de pensamento; Canal de Trocas – dentro de um […]

Read Full Post »

O mundo, de forma geral, ainda mais em Crises Cognitivas que estamos passando vive momentos de baixa taxa de princípios. Ou seja, valores materiais se tornam mais hegemônicos na sociedade. E isso se deve, a meu ver, a fatores demográficos e cognitivos. Hoje, temos uma concentração muito grande da Ganância Tóxica em detrimento aos princípios, […]

Read Full Post »

Já tinha tentado apostar no futuro em um nome do pós-capitalismo e chamei de colaboracionismo. Rejeito agora. Acho que é mais lógico chamar de cooperativismo, já que: Feudalismo -> economia baseada no Feudo: Empresismo -> (o nome que chamo o capitalismo) baseado em empresas. Um sistema econômico é uma rede de fornecedores que atende às demandas […]

Read Full Post »

Muita gente joga pedra no capitalismo, que chamo eu de empresismo. O Empresismo, como foi o feudalismo, o mercantilismo, o escambismo (escambo) foram redes produtivas, que visavam manter a espécie viva. Uma rede econômica orgânica não se estrutura do dia para a noite. É um tecido de atores, forças e parcerias, competições, que torna possível – […]

Read Full Post »

Quem conhece o blog sabe que rejeito o conceito capitalismo e chamo de empresismo (até que tenha um nome melhor) ver a polêmica aqui. Pois bem. Temos que colocar o futuro do atual sistema econômico dentro de um dado contexto cognitivo. A concentração que tivemos até aqui é resultado dos seguintes fatores: – aumento radical […]

Read Full Post »

Temos uma visão geral sobre mercados. Eu acredito que a descentralização dos empreendedores é uma rede muito mais eficaz do que qualquer outro modelo econômico. O problema é que há um fator fundamental para se aplicar a lei de mercado: o ambiente cognitivo e suas diferentes desigualdades. Falei um pouco mais de um triângulo a […]

Read Full Post »

Falei um pouco sobre isso neste vídeo. Vamos ao debate. Um sistema econômico, qualquer que seja ele, terá:   Se analisarmos no passado, por exemplo, as navegações foram todas bancadas pelos reis, através de recursos que tinham. E a sociedade não era capitalista. Na Idade Média havia de ter algo para pagar os fabricantes dos […]

Read Full Post »

Leio as propostas do “socialismo do século XXI”, ver mais aqui. A ideia básica é tentar fazer uma reavaliação dos problemas do comunismo do século passado e reinventar o modelo. É a proposta do movimento de esquerda na Venezuela, com muitos simpatizantes no Brasil. Não conseguirão. Há um erro gigantesco de visão do que é a […]

Read Full Post »

Saiu um dos artigos que mais me chamou a atenção este ano. O preço do poder de Wall Street (HBR, junho 2014), de Gautam Mukunda. Segue o resumo que a revista sempre coloca:  O artigo tem um diagnóstico ótimo, mas não vai nas raízes do problema para poder apontar uma boa alternativa, pois não vê a Revolução […]

Read Full Post »

  Mudanças estão acontecendo e precisamos entender o principal. O modelo atual é o seguinte:     Os problemas estão longe do ambiente de ensino, pois eram demorados e dava tempo para os organizadores de conteúdo empacotarem os assuntos para depois os alunos, com os assuntos memorizados se prepararem para resolvê-los. Havia um controle da […]

Read Full Post »

Do Wikipédia, tirado daqui: O capitalismo é um sistema econômico em que os meios de produção e distribuição são de propriedade privada e com fins lucrativos; decisões sobre oferta, demanda, preço, distribuição e investimentos não são feitos pelo governo, os lucros são distribuídos para os proprietários que investem em empresas e os salários são pagos […]

Read Full Post »

Não se pode analisar o capitalismo sem os conceitos cognitivas, ou a a noção de que ele foi criado e viveu, até o momento, sob a égide de uma Contração Cognitiva e  agora, pela primeira vez, uma Expansão, que visa, como foi no passado, promover inovações incrementais e radicais na Governança da Espécie.  O capitalismo tem uns 200 e poucos […]

Read Full Post »